Saturday, October 18, 2008








OUTONO


O outono já chegou - aos arrufos do vento
as folhas num desmaio embalam-se pelo ar...- vão caindo... caindo... uma a uma, em desalento
e uma a uma, lentamente, vão no chão pousar...
O céu perdeu o azul - vestiu-se de cinzento
e envolveu na neblina a luz baça do luar...
- na alameda onde vou, de momento a momento,
há um gemido de folha a cair e a expirar...

O arvoredo transpira as carícias dos ninhos,
e o vento a cirandar na curva das estradas
eleva o folhareu no espaço em redemoinhos...

Há um córrego a levar as folhas secas em bando...
- e à aragem que soluça entre as ramas curvadas,
parece que o arvoredo em coro está chorando!...
--J.G.de Araujo Jorge

11 comments:

Osvaldo said...

Olá Teresa;
O Outono, a estação de sonho...
Lembro de uma cançã de minh meninicce que dizia;
"Caem as folhas,
O Outono já chegou,
Por onde anda, onde anda o meu amor,
Que foi embora sem ao menos avisar,
Como as folhas,quado voam pelo ar..."
Este belo poema de JG de Araujo Jorge faz o casamento perfeito com as fotos da Teresa.
bjs

JOSÉ FARIA said...

Por ver a parra caída
Deu-me para te escrever
És minha amiga querida
De manhã ao anoitecer.

OUTONO DA VIDA

Oh! Este Outono!
Repleto de histórias,
Este Outono…
Repleto de saberes
E de memórias.
Continuas a ser dono,
De experiências e glórias!?
Vá!
Desabrocha tua graça,
Ao novo tempo que passa.
Como foram as Primaveras
Que viveste e percorreste?
Esta vida já esqueceu
Esse tempo que foi teu.

Conta-nos Outono,
Como outrora se viveu;
Quando eras Primavera
E o Verão era só teu!

Não deixes ver-se perder
O que só tu tens p’ra oferecer!
Dá testemunho à tua gente!
Ainda a luz tens que ser
Da Primaveras presente
Bom Domingo
José faria

A Flôr said...

O Outono! Tempo das castanhas quentinhas..... hummm...

Gosto do Outono, especialmente dos seus tons...

Amiga linda, obrigadão pelo teu carinho, sempre tão reconfortante para mim..

Ando sumida, ando desaparecida, é certo... mas o teu carinho está guardadinho no meu coração, está sim!

Tenho tido muito muito trabalho e são muitas as actividades em que me meto, depois.. depois não me sobra tempo de lazer para a Net...


Peço a Deus que tudo esteja bem contigo, minha Amiga. Que sejas feliz e não te esqueças de sorrir sempre, sempre.... porque sorrir faz bem à alma...

Por isso, deixo-te o sorriso sincero e carinhoso da minha alma..

Deus te abençõe

Beijinhosssssss da Flor

gaivota said...

o outono, as folhas caídas, o caminhar sobre eslas que se estalam debaixo dos nossos pés...
as cores outonais...
é lindo!
beijinhos

Anonymous said...

Mom, that pic of the pond is nice!

Anita said...

A verdadeira felicidade vem da humildade e do reconhecimento que sózinhos somos muito pouco ou quase nada, e a vida somente se completa com o real sentimento de amor ao próximo!!!

Uma maravilhosa terça-feira amiga querida.
Adoro o Outono!
Beijinhosssss
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Anita said...

Bom dia amiga linda, enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com flores com leves fricções de esperança.
De alma escovada e coração acelerado saia do quintal de si mesma e descubra o próprio jardim.

Beijinhos e um dia maravilhoso.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

O Repórter Alentejano said...

Vendo estas fotografias é como se estivesse em casa. A Natureza!
Consegues aqui um quadro curioso, que quase me faz dizer - arriscando-me a levar com algum objecto na touca arremessado por algum purista - que tens aqui um Outono em quatro (neste caso, até cinco) estações, em virtude das diferentes paisagens que registaste.
Bela escolha do poema que encaixou na perfeição nas fotografias apresentadas.
Beijinho,
O Repórter Alentejano

Ana said...

Adoro as tuas imagens e o poema é excelente. É uma estação do ano em que algumas árvores começam a despir-se do seu manto verde, dando lugar a um tapete no chão de várias cores.
Há uma trepadeira num casa que conheço que fica muito linda nesta época do ano, não sei o nome, mas as folhas que são verdes durante o Verão vão ficando vermelhas e depois castanhas, só costumam cair no Inverno, mas logo a seguir nascem outros rebentos e na Primavera já está de novo verde.
A natureza é fantástica!
Tu és uma pessoa muito sensível e que ama a natureza e sabes escolher imagens bonitas para ilustrar os belos textos.
Um beijinho muito grande.

ZezinhoMota said...

O Outono dizem que é o refazer da vida...

Mas acho-o muito triste...

Gostei do teu blogue...

Bjnhs

ZezinhoMota

Nuno de Sousa said...

Belas imagens com um belo poema. Bjs
Nuno