Tuesday, September 04, 2007

MORRE LENTAMENTE


- Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música e quem não encontra graça em si mesmo.
- Morre lentamente quem destrói o seu amor próprio, e quem não se deixa ajudar pelos outros.
- Morre lentamente quem se faz escravo dos seus hábitos, percorrendo Todos os dias o mesmo trajecto, quem não muda de marca, quem não se arrisca a vestir uma nova cor ou a conversar com quem não conhece.
- Morre lentamente quem faz da televisão o seu refúgio.
- Morre lentamente quem não é capaz de apaixonar-se, quem não põe os pontos nos "is", quem perde o brilho sereno dos olhos e quem transforma os sorrisos em bocejos.
- Morre lentamente quem não vira a mesa quando se sente infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho e quem não foge, pelo menos uma vez na vida, dos conselhos "sensatos".
- Morre lentamente quem passa os dias a queixar-se da sua má sorte e da chuva que não deixa de cair.
- Morre lentamente quem abandona um projecto antes de o iniciar, quem não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando o interrogam sobre algo que ele sabe.Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples facto de respirar.
--Pablo Neruda

12 comments:

Cátia said...

- Morre lentamente quem não ama, quem não consegue ver nos outros o sentimento que desenha um sorriso.

- Morre lentamente quem não partilha, quem não consegue livrar-se das suas magoas.

- Morre lentamente quem não faz da sinceridade a sua melhor verdade...

Amo, partilho e uso de sinceridade para contigo. Gosto de o fazer, sinto-me bem por isso... Gosto do sorriso que despertas em mim, minha querida. Obrigada por isso...

Beijinhooosss e um abraço apertadinho

Cristina said...

Lindo texto, e concordo com ele
:)

beijinhu
P.s.
Ainda estás em Pt? Foste de férias ou para viver??
:)

david santos said...

Morre lentamente quem apoia o mal e, não faz ou luta, para que os maus deixem de ser maldosos. Dando-lhes cobertura e, muitas vezes, gabando-os. Chamando-lhes os que eles não são e considerando as suas vítimas os ruins.
Parabéns pelo post. É muito elucidativo.

David Santos

Mário Margaride said...

Querida amiga,

Peço desculpa. De não ter falado contigo no no msn. Mas não me tinha apercebido que estavas online. Quando respondi, já tinhas saido! Desculpa...prometo que falaremo numa outra oportunidade.
És uma grande amiga. Mereces todo este carinho.

Um excelente fim de semana!

Beijinhos

Era uma vez um Girassol said...

Teresa, gostei de reler este texto lindissimo de Neruda, uma máxima de vida!
Boa escolha!
Por isso morrerei lentamente se não enfrenter o medo, a incerteza, alguma desilusão, ao partir para rever e despedir-me da terra onde estão as minhas raízes.
Sei que precisarei de coragem, que vou chorar, provavelmente não voltarei mais.
Mas morrerei lentamente se o não fizer.
Beijinhos

stressadinha said...

Teresa,

Não há nada pior que estar vivo e não viver... e Pablo Neruda soube dizê-lo como ninguém. Adoro este texto...

É bom saber-te por perto.

Beijinhos xxx

Andreia do Flautim said...

Morre lentamente quem não sabe encontrar a felicidade nas pequenas coisas!

elsa nyny said...

Não nos deixemos morrer nuncaaaaaaaaa!!!

Passo para avisar que Domingo 16 de Setembro, é o Dia Global da acção por Darfur, vários paises vão unir as suas vozes...em Portugal o evento terá lugar em Lisboa Concentração no LARGO DO CAMÕES - pelas 18 horas!
Junta a tua voz a estas vozes!


beijinhos brincalhonaaaaaaaa!!!

Anita said...

Teresa querida finalmente cheguei. Estou de volta depois de umas "merecidas" férias. Hoje passo de fugida só para deixar beijinhos depois volto com mais calma. Obrigado pela visita lá no meu cantinho.
Beijinhos com sabor a maresia.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

MiaHari said...

Olá, Teresa!
Hà muito que te não via!...
Bjs para ti.

anita said...

Lindinha venho logo cedo para te deixar beijinhos e desejar um dia cheio de luz como o sol que brilha lá fora. Que a tua semana seja iluminada por deus.
Milhões de beijinhos suaves.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Cristina said...

Hoje venho aqui apenas para te oferecer um miminho, vem ao meu cantinho e lá o encontrarás
:)

beijinhu